US most traded ETFs vs NAV

I will try to provide a little bit more data that I use on my day to day.
Starting with a list of the US most traded ETFs vs NAV.
NAV (Net asset value) is a ratio that represents a fund’s per share market value.

This recent market sell off created a unique opportunity in the market, some ETFs are trading below their NAV. Creating opportunities to buy ETF units below their underlying assets.
If you are a value investor this is gold to you.

This list shows the most traded ETFs and their rates.

[googleapps domain=”docs” dir=”spreadsheets/d/e/2PACX-1vSKnsKqQ9N1OgcS1GTILjj-dA8l2Ofe-6RMew4sxm3ZtcYEvC5SZSRpm7pV865bkXl5IjIKm1DLSsCG/pubhtml” query=”gid=0&single=true&widget=true&headers=false” width=”800″ height=”1200″ /]

A importância das correlações

Para mim, o factor de correlação é um dos mais substimados.

Durante as nossas sessões de trading, é normal assumirmos algumas posições longas / curtas em diferentes ativos sem nos preocuparmos em saber qual a sua correlação.

Como qualquer lição aprendida na vida de um trader, a mesma veio com um custo. 

Tinha setups quase perfeitos para negociar dois pares de FX, EURCHF e USDPLN.

EURCHF, estavamos numa altura de que o apetite para o risco era muito grande na zona euro, tinha feito o bounce perfeito na zona de suporte e estava dentro de um rising wedge no segundo impulso. Eram as circunstâncias quase perfeitas para ir longo. 

USDPLN, o zloty estava em caida a semanas, estava numa linha que parecia ter encontrado um suporte. Face a força que o Euro estava a ter esta semana, parecia uma excelente oportunidade para ir curto USDPLN

Ou seja no meio disto tudo, fui longo EURCHF e curto USDPLN com lotes completos pois a confiança era muita.

Poucas horas após colocar o trade, tive uma reunião de trabalho que não me permitiu estar a acompanhar as posições. Quando consegui voltar aos monitores apercebi-me que as minhas posições tinham atingido o stop loss. Fiquei um bocado perplexo pois na minha cabeça tinha os setups perfeitos. Foi então que a comentar com uns amigos que um deles me apresentou a famosa correlação entre ativos. 

O EURCHF esta inversamente correlacionado com o USDPLN. E o que é que isto significa? Bem, ao ir longo EURCHF e curto USDPLN, as duas posições movimentavam-se no mesmo sentido, ou seja o meu risco dobrou sem eu ter isso em conta. 

Foi então que me recomendaram o livro:

https://www.amazon.com/Intermarket-Analysis-Profiting-Relationships-Trading/dp/0471023299

As correlações são de facto muito importantes e usadas de forma inteligente podem ser mais uma ferramenta no cinto de um trader.

Por exemplo, o par EURAUD esta inversamente correlacionado com o SPX. Isto pode ser uma forma inteligente de usarmos alavancagem para negociar o SPX, pois existem várias corretoras com CFDs de forex.

Deixo aqui um exemplo de um quadro de correlação forex. 

A leitura é feita tendo em conta que:

valor entre 0 e 1, os pares movimentam-se no mesmo sentido.

valor entre 0 e -1, os pares movimentam-se no sentido inverso

Se quiserem consultar em realtime
https://www.home.saxo/insights/tools/fx-correlations-table/tool-details

O que é um CoT report?

Um CoT report (commitment of traders) é um relatório com dados consolidados das posições em um determinado ativo até ao final de um dado período.

Esta informação pode ser encontrada no site da CTFC.

A CFTC (U.S. Commodity Futures Trading Commission) é a entidade reguladora para contratos de futuro dos estados unidos. 

Podem aceder a informação através do site: 

https://www.cftc.gov/MarketReports/CommitmentsofTraders/index.htm

Vamos usar o exemplo do CoT para o contrato de futuro de WTI (CL).

Podem ver o CoT através deste link: https://www.cftc.gov/dea/options/petroleum_sof.htm

Podem ver que existem um conjunto de campos extensos, de forma a poder perceber / ler o CoT vou tentar explicar o que significa cada campo:

Open Interest – É o total de todos os contratos negociados para um período de tempo (Futuros e Opções)

Producer/Merchant/Processor/User Longs – Total de contratos longos negociados por produtores / traders de contratos físicos / Utilizadores industriais

Producer/Merchant/Processor/User Shorts – Total de contratos curtos negociados por produtores / traders de contratos físicos / Utilizadores industriais

Swap Dealer Longs – Total de contratos longos negociados por um dealer de swaps que usa o mercado de futuros para fazer um hedge ao risco associado aos swaps

Swap Dealer Shorts – Total de contratos curtos negociados por um dealer de swaps que usa o mercado de futuros para fazer um hedge ao risco associado aos swaps  

Swap Dealer Spreads – Spreads entre contratos longos / curtos  

Money Manager Longs – Total de contratos longos negociados por um CTA (Commodity trading advisor) / CPO (Commodity pool operator) ou um fundo não registado no CFTC

Money Manager Shorts – Total de contratos curtos negociados por um CTA (Commodity trading advisor) / CPO (Commodity pool operator) ou um fundo não registado no CFTC

Money Manager Spreads – Spreads entre contratos longos / curtos   

Other Reportable Longs – Total de contratos longos negociados que não se enquadram nas classificações anteriores 

Other Reportable Shorts – Total de contratos curtos negociados que não se enquadram nas classificações anteriores  

Other Reportable Spreads – Spreads entre contratos longos / curtos     

Total Reportable Longs – Número total de contratos longos negociados

Total Reportable Shorts – Número total de contratos curtos negociados

Non Reportable Longs – Total de contratos longos negociados sem classificação  

Non Reportable Shorts – Total de contratos curtos negociados sem classificação    

Qual é a importância destes relatórios?

Bem, como trader/investidor estamos no negócio de tentar prever movimentações do mercado. De forma a perceber essas tendências, ajuda perceber onde o smart money está posicionado, assim como os produtores ( no caso de uma commodity). 

É como se fosse mais uma ferramenta na nossa bancada que nos ajuda a remover algumas incertezas. Claro que é preciso ter em conta que esta informação não reflete movimentações diárias nos contratos a que são adjacentes. Refletem posições de longa duração ou movimentações brutas de sentimento.

Em um post (aqui) anterior do blog, expliquei como extrair o relatório de uma forma mais simplificada e para excel. 

Ferramentas que uso: Tweetdeck

No mundo dos mercados financeiros,  a informação é chave e estarmos a par de todas as notícias e eventos que fazem mexer o mercado é muito importante.

A minha ferramenta de eleição é o Tweetdeck, usa o poder do Twitter de uma forma mais organizada.

Para começar, precisam de ter uma conta no Twitter. De seguida podem aceder ao site

https://tweetdeck.twitter.com/ e entrar com a vossa conta.

Vão encontrar algo como a imagem abaixo, ter em conta que o meu já está configurado de acordo com as minhas preferências, o vosso se nunca usaram estará vazio ou com as colunas predefinidas.

Tweetdeck

Como podem ver, a informação está dividida por colunas (Listas) onde tenho uma clara separação por pontos de interesse conforme os títulos das mesmas.

Existe ainda um feature  que para mim é particularmente interessante. Se repararem a coluna que diz “SPX” é diferente. Esta coluna é uma coluna de pesquisa que permite pesquisarem todo o Twitter por posts de acordo com a vossa chave de pesquisa

Podem criar as vossas próprias listas adicionando as contas que pretendem seguir.

Caso pretendam usar as minhas listas, eu coloqueias como publicas

https://twitter.com/tiagolvsantos/lists

A titulo adicional, ainda uso uma extensão do Google Chrome que permite tirar mais rendimento do Tweetdeck

https://better.tw/

Para investir não é preciso ser rico – Introdução

Há uma ideia errada que é preciso ser rico para investir, vamos desmistificar lá isso.

Um investimento é caracterizado por ser uma aplicação de recursos, tempo, esforço, etc. a fim de se obter algo.


Um investimento não precisa de envolver dinheiro, podemos investir o nosso tempo em aprender uma skill/habilidade ou poupar agua para reduzirmos a nossa conta mensal

Simulando uma poupança/esforço económico de 1€ por dia, temos os seguintes resultados

O valor de 1€ é puramente nominal, terá que ser ajustado as possibilidades de cada um.

QuantiaDiasPoupança Anual
1€365365€

Acumulando os 365€ anuais ao longo de 20 anos, conseguem amealhar 7300€.
Como podem ver ao longo dos anos, o vosso pequeno esforço transforma-se num bom pé de meia.

Machine generated alternative text:
8 coo,co € 
7 coo,co € 
6 coo,co € 
5 coo,co € 
4 coo,co € 
3 coo,co € 
2 coo,co € 
1 coo,co € 
o,co € 
Total € 
10 
11 
12 
13 
14 
15 
16 
17 
18 
lg 20
Poupança ao longo de 20 anos

Em paralelo com este esforço de poupança, existem ainda algumas formas passivas de fazer o vosso dinheiro “crescer”.

No mercado da bolsa existem um conjunto de instrumentos que permitem dar um boost(ajuda no crescimento) ao vosso pé de meia.

Nomeadamente ETF´s e Mutual Funds.


Os Mutual Funds dão acesso a um juro composto (Compound Interest), são juros gerados a cada período e que são incorporados ao principal para o cálculo dos juros do período seguinte.

Ou seja, o vosso “ganho” é incorporado no cálculo do ganho seguinte.

ETF´s Exchange Traded Funds, são basicamente o mesmo que os fundos de investimento, contudo têm  (taxas) mais baixos e podem ser comprados e vendidos na bolsa de valores diretamente.

Na segunda parte vou explicar como funciona o juro composto e dar exemplos práticos de mutual funds e ETF´s no qual podem aplicar o vosso dinheiro.